domingo, 30 de agosto de 2015

Leitura do Evangelho, Segunda-feira 31 agosto (clique aqui)


Dia litúrgico: Segunda-feira 31 de agosto
 Evangelho (Lc 4, 16-30): Naquele tempo, Jesus foi a Nazaré, onde tinha crescido e, como de costume, entrou na sinagoga no dia de sábado, e levantou-se para ler. Ele foi entregue o livro do profeta Isaías e abriu o livro e encontrou o lugar em que estava escrito: «O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu para pregar aos pobres a Boa Nova, ele enviou-me para proclamar a libertação para o cativos, a vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, a proclamar um ano de graça do Senhor ".

Ele fechou o livro e entregou-o ao assistente e sentou-se. Na sinagoga todos os olhos estavam fixos nele E ele começou a dizer-lhes. "Hoje esta Escritura que acabais de ouvir é cumprida." Todos falavam bem dele e se admiravam das palavras de graça que saíam da sua boca. Eles disseram: "Não é este o filho de José?". Ele disse: "Certamente eu vou dizer o ditado:". Médico, cura-te a ti mesmo ' Tudo ouvimos ter sido feito em Cafarnaum, faze-o também aqui em seu país ". Ele acrescentou: "Em verdade vos digo que nenhum profeta é bem recebido na sua pátria. Em verdade vos digo que muitas viúvas havia em Israel nos dias de Elias, quando o céu se fechou por três anos e seis meses, quando grande fome em todo o país; e nenhuma delas foi enviado Elias, mas a uma viúva de Sarepta em Sidon. E muitos leprosos em Israel no tempo do profeta Eliseu, e nenhum deles foi purificado senão Naamã, o sírio. "

Ouvindo essas coisas, todos na sinagoga se encheram de furor; E levantaram-se e colocá-lo para fora da cidade, eo levaram até ao cume do monte em que a sua cidade estava edificada, como derrubá-lo de cabeça. Mas ele passando pelo meio deles, retirou-se.

  Seu irmão em Cristo, pe Santiago