miércoles, 16 de septiembre de 2015

Leitura do Evangelho, Quinta-feira 17 de Setembro (clique aqui)


 Quinta-feira, 17 setembro
 Evangelho (Lc 7, 36-50): Naquele tempo, um fariseu convidou Jesus para jantar com ele, e ele entrou em casa do fariseu, ela foi até a mesa. Foi na cidade uma mulher pecadora pública, que sabendo que estava comendo na casa do fariseu, trouxe um frasco de alabastro com perfume, e de pé atrás aos pés de Jesus, ele começou a chorar, e os pés as suas lágrimas molhado e com os cabelos da sua cabeça, ela limpou; Ele beijou seus pés e os ungia com o ungüento.

Quando o fariseu que o convidara, disse para si mesmo: "Se este homem fosse profeta, saberia quem e que tipo de mulher é que está tocando nele, pois ela é uma pecadora." Jesus respondeu-lhe: "Simão, tenho uma coisa para te dizer." Ele disse: "Diga-me, professor." "Um credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos denários eo outro, cinqüenta. Quando eles não podiam pagar, perdoou a ambos. Qual deles o amará mais? ". Simon respondeu: "Suponho que aquele a quem mais perdoou." Ele disse: "Você tem razão", e virou-se para a mulher e disse a Simão: «Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés. Ela, no entanto, tem molhar meus pés com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Você não me deu beijo. Ela, desde que entrou, não parou de beijar meus pés. Não me ungiste a cabeça com óleo. Ela ungiu-me os pés com perfume. Por isso vos digo, os seus muitos pecados são perdoados, porque muito amou. Para quem pouco se perdoa, pouco ama. "

E ele disse a ela: "Seus pecados estão perdoados". O quadro começou a dizer entre si: "Quem é este que até perdoa pecados?". Mas Ele disse à mulher: "A tua fé te salvou. Vai em paz. "

  Nós compartilhamos o seu irmão em Cristo, pe Santiago