viernes, 17 de julio de 2015

Leitura do Evangelho, Sábado, 18 de julho (clique aqui)


Dia litúrgico: Sábado 18 de julho
  Evangelho (Mt 12, 14-21): Naquele tempo, os fariseus conspiraram contra ele como destruir. Jesus sabia disso, retirou-se dali. Muitos o seguiram e ele curou a todos. E ordenou-lhes que não fazê-lo fortemente; para o oráculo do profeta Isaías se cumprissem: "Eis o meu servo, a quem escolhi, o meu amado em quem a minha alma se deleita. Eu vou colocar o meu espírito sobre ele, e anunciar o julgamento às nações. Não se esforçar, nem choro, nem se ouvirá sua voz nas ruas. A cana trilhada, não a quebrará, nem apagará o pavio fumegante, até a vitória levou o julgamento em seu nome os gentios esperarão. "

   Seu irmão em Cristo, padre Santiago